Skip to main content

Formação oferecida pela Unicamp traz resolução de problemas focada no ser humano, com empatia, criatividade e inovação

Até o fim de março, a FM2S Educação e Consultoria, edtech sediada no Parque Científico e Tecnológico da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), oferece curso gratuito e online de Design Thinking. O tema enfoca a resolução de problemas centrada nas reais necessidades das pessoas. É ideal para empresas que desejam aperfeiçoamento de forma simples, ágil e bem planejada.

As inscrições devem ser feitas neste link. As iniciativas são abertas a todas as pessoas interessadas até 31 de março. É possível se inscrever em quantos cursos desejar. O acesso é válido por um ano após a inscrição, com um mês de suporte e certificado ao fim do curso.

Durante a capacitação, os estudantes aprenderão a gerar ideias e soluções inovadoras no ambiente de trabalho, no intuito de oferecer produtos e serviços que supram as demandas de clientes e consumidores. O conceito de design é entendido como sendo a melhoria de aspectos funcionais, ergonômicos e visuais de determinado produto, aprimorando o conforto, a segurança e a satisfação dos usuários.

“Por manter o foco na resolução de problemas, o Design Thinking pode ser útil para profissionais em qualquer nível de carreira, área ou empresa, incluindo tecnologia, saúde, educação, governança, entre outras. É uma habilidade importante e requisitada pelas empresas atualmente”, explicou Virgilio Marques dos Santos, CEO da edtech e doutor em Engenharia Mecânica pela Unicamp.

Como serão as aulas do curso ministrado pela edtech da Unicamp

Ao longo das aulas, os estudantes poderão se aprofundar nas cinco etapas do Design Thinking: empatia, definição, ideação, prototipagem e teste. Na empatia, aprendem a entender usuários e necessidades por vários métodos, incluindo observação e entrevistas. Em definição, a ideia é identificar problemas-chave a serem resolvidos. Na ideação, os alunos iniciam o processo criativo, com ideias para resolver os problemas.

Em seguida, na prototipagem, ocorre o amadurecimento dessas ideias, com a criação de soluções tangíveis, a serem testadas e aperfeiçoadas. Por último, a fase teste envolve a aplicação das soluções na prática, com os próprios usuários, além de atenção especial ao feedback.

“A abordagem do nosso curso se concentra na compreensão profunda de pessoas, suas necessidades, desejos e comportamentos. Mais do que qualquer tecnologia, o ser humano é visto no centro do processo de design. Assim, os alunos terão embasamentos teórico e prático para aplicar as ferramentas para a criação de soluções criativas e inovadoras para problemas complexos, mas mantendo o olhar empático”, explicou o CEO.

Outras oportunidades são úteis para a gestão escolar

Além do curso de Design Thinking, a edtecc da Unicamp disponibiliza, outras quatro capacitações gratuitas de forma inédita, que envolvem habilidades sociais e conhecimentos técnicos.

A primeira, Produtividade na prática para equipes, foca em ensinar metodologias ágeis para boas práticas de produtividade, com foco no coletivo – desde o planejamento e a condução de boas reuniões, até a organização do trabalho cotidiano e a atribuição assertiva de tarefas e responsabilidades.

Outra iniciativa, Lean Logistics, é voltada a profissionais da área de Logística interessados em se destacar no ambiente de trabalho, com foco em melhoria contínua. O conteúdo engloba as principais ferramentas do Lean –como Kanban, Mapeamento do Fluxo de Valor (VSM) e Gestão à vista — e como implementá-las na cadeia logística, trazendo resultados reais (como redução de desperdícios e melhora de processos que agreguem valor aos clientes).

Um curso mais específico é o Diagrama de Ishikawa e Análise de Causa e Efeito, uma das sete ferramentas da Qualidade, com foco em facilitar a identificação de causas de determinados problemas que precisam ser resolvidos, ou de fatores que levam a determinado resultado que se deseja obter.

E, por último, o Gráfico de Pareto, Análise de dados e Gerenciamento de Prioridades, também ferramenta da Qualidade, mas voltada para esforços de melhoria. É útil para compilar problemas gerais (erros, defeitos, feedback de clientes) e, assim, trazer dados para estudos e possíveis ações corretivas.

Todos os cursos trazem conceitos sólidos e exemplos práticos, com casos reais de como aplicar a teoria no dia a dia e no ambiente profissional. Os professores são formados por instituições como Unicamp e Universidade de São Paulo (USP), além de terem ampla vivência em consultorias.

Compartilhe: